Riacho Fundo 2

Metade das Administrações Regionais não investiu em 2019 nem R$1,00

Entre janeiro e 9 de setembro, os aportes destinados a melhorias das RAs somaram R$ 880 mil. Dessas, 15 aparecem com zero de aplicações


Metade das administrações regionais não investiu um centavo sequer em ações que levem melhorias à vida da população. Das 31 RAs espalhadas pelo Distrito Federal, 15 não aportaram recursos entre 1º de janeiro e 9 de setembro de 2019.
Mesmo carente de diversos serviços, as unidades de Vicente Pires, Gama, Sobradinho I, Sobradinho II, Planaltina, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Recanto das Emas, Candangolândia, Riacho Fundo II, Park Way, Jardim Botânico, Itapoã e o Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) estão pouco mais de oito meses sem destinar verbas para a realização de reparos em calçadas, operação tapa-buraco, construção de acessibilidade para pessoas com deficiência, pequenas intervenções no trânsito, entre outras.
As informações estão contempladas no Sistema Integrado de Gestão Governamental (Siggo). O estudo levou em conta apenas valores liquidados, ou seja, aqueles efetivamente pagos. As despesas das administrações são divididas da seguinte forma: folha de pagamento, manutenção da cidade e investimentos em novos equipamentos públicos.



Publicidade

Publicidade

Arquivo