terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Artigo: A importância da assessoria de imprensa para pequenas empresas e pessoas públicas

Ana Paula Miranda 

A assessoria de imprensa é um dos instrumentos da comunicação desenvolvido para as organizações, sendo essencial para as atividades da área de comunicação

Ao contrário do que alguns equivocadamente pensam a tradução do inglês publicity não tem a ver com publicidade, mas com assessoria de imprensa. Sua principal tarefa é tratar da gestão do relacionamento entre uma pessoa física, entidade, empresa ou órgão público e a imprensa. 


O trabalho do cargo intitulado assessor de imprensa não se resume a gerenciar crises e ajudar o cliente/assessorado a manter a confiança diante da imprensa e da opinião pública. Entre as estratégias da assessoria de imprensa está à responsabilidade de criar um vínculo com os jornalistas e apresentar o cliente como uma ótima fonte para as matérias que escrevem para televisões, rádios, jornais impressos e na web. A função do assessor de imprensa está relacionada às atribuições do profissional de relações públicas, apesar de ser desenvolvida a partir dos princípios publicitários e propagandistas e de ter sua base de elaboração de trabalho a partir de técnicas usadas no jornalismo. 

Assim, os profissionais que desempenham a função de Assessoria de Imprensa podem ter formação em publicidade e propaganda, relações públicas ou jornalismo. O assessor de imprensa é o interlocutor do assessorado, que pode ser uma pessoa física (pessoas públicas) ou uma instituição (empresas e órgãos públicos), com os meios de comunicação (revista, jornal, Tv, rádio, etc.), para apresentar o assessorado a públicos específicos, com apelo noticioso mais que comercial, de modo a conquistar cobertura editorial (reportagens, notas em colunas etc.) na mídia espontânea. 

Em termos de recursos financeiros, a assessoria de imprensa é mais viável, que a propaganda. O que permite ótimos resultados no desenvolvimento de um negócio, indo além da visualização da marca e/ou promoção pessoal, por ser informação dada como notícia nos jornais impressos, revistas, sites e portais. É mais provável, que a matéria jornalística e/ou release transmita mais credibilidade para o leitor do que um anúncio, já que, na propaganda, trata-se da empresa promovendo a própria empresa. 

*Ana Paula Miranda é jornalista, professora de comunicação social e especialista em assessoria de imprensa.

Publicidade

Publicidade

Arquivo